Interlab

Comparações Interlaboratoriais

Os ensaios de proficiência e as comparações interlaboratoriais podem ser utilizados visando vários propósitos, tais como: avaliar o desempenho de laboratórios individuais para ensaios ou medições específicas e monitorar o desempenho contínuos de laboratórios; estabelecer a efetividade e a comparabilidade de métodos de ensaio ou métodos de medição; identificar problemas em laboratórios e iniciar ações corretivas; fornecer confiança adicional aos clientes dos laboratórios; educar técnicos dos laboratórios participantes com base em resultados das comparações. 

A participação em Programas de Ensaios de Proficiência e Comparações Interlaboratoriais fornece aos Laboratórios participantes um meio de avaliar e demonstrar a confiabilidade dos dados que estejam produzindo. 

A organização de comparações interlaboratoriais pela RENAMA, com foco na proficiência dos Laboratórios, é uma estratégia para (i) avaliar e monitorar a implementação de ensaios nos laboratórios do país e (ii) estimular a busca do reconhecimento dos Princípios de Boas Práticas Laboratoriais pelo Cgcre/Inmetro, ampliando a existência no mercado de prestadores de serviço com reconhecimento dos Princípios de Boas Práticas de Laboratórios.

Ensaios de proficiência e comparações interlaboratoriais abertos (em construção)

Ensaios de proficiência e comparações interlaboratoriais concluídos

1ª Rodada- Piloto- Comparação Interlaboratorial Citotoxicidade (OECD Guidance document no 129- 3T3 NRU)

O Inmetro organizou a primeira comparação interlaboratorial da RENAMA. Participaram os Laboratórios Centrais e dois Laboratórios públicos que se voluntariaram. O ensaio de citotoxicidade utilizando a linhagem 3T3 foi eleito para este piloto, utilizando como base o Guidance Document no. 129 da OECD.  Dois itens de ensaio foram enviados para cada laboratório participante (ambas SDS) e apenas um laboratório teve desempenho satisfatório.  Este primeiro exercício na Rede evidenciou a necessidade de treinamento nas metodologias de ensaio e a necessidade de culturas de células com qualidade (autenticidade e pureza declarada).

 

>> veja o resultado da comparação interlaboratorial